Dicas para reduzir o consumo de energia elétrica em casas pré-fabricadas

Se está a pensar adquirir uma nova casa e optou pela construção de casas pré-fabricadas, então já está em vantagem em relação à eficiência energética face a outro tipo de construções, como é o caso das casas mais convencionais.

O uso dos mais recentes avanços de tecnologia e de engenharia de construção de ponta aumenta a eficiência energética destas casas. As casas pré-fabricadas são frequentemente aprovadas com rótulo Energy Star , o que significa que são cerca de 30% mais eficientes em termos de energia do que as casas construídas através de métodos convencionais.

Contudo, existem alguns cuidados que lhe permitem reduzir o consumo de energia elétrica em casas pré-fabricadas ainda mais.

Poupar energia

O simples design e posicionamento da casa pré-fabricada no terreno podem fazer toda a diferença em relação à sua eficiência energética e na sua conta da eletricidade ao final do mês. A nova casa pode ser projetada para ser uma casa solar passiva pela posição da casa e janelas em relação ao movimento do sol.

Na construção de uma casa, um bom isolamento deve ser uma prioridade e deve sempre também fazer parte do projeto. A colocação de vidros duplos e isolamento eficiente em paredes e tetos deve ser uma das suas preocupações e exigências. Embora possa parecer surpreendente, as casas pré-fabricadas ou modulares são mais bem isoladas que a maioria das casas construídas no local através de métodos convencionais. As paredes, criadas em fábrica, podem ser construídas com um núcleo de isolamento que não muda ao longo do tempo, como tende a acontecer com o isolamento normal.

 

 

Uma excelente forma de economizar alguma energia é através do uso de painéis solares. Vai conseguir reaproveitar energia, podendo ser facilmente colocados em qualquer casa, quer seja uma casa mais antiga ou mais moderna. Outro cuidado importante que deve ter é aumentar o isolamento e renova-lo regularmente. Substituir gradualmente as janelas da casa, optando por vidro duplo vai também contribuir em muito para uma diminuição acentuada no consumo de energia. As casas pré-fabricadas sofrem de menor infiltração de ar, fator que é sempre uma grande causa de perda de calor em casas tradicionais e que leva, consequentemente, a um maior consumo de energia.

Pequenas mudanças no interior da sua casa e rotina familiar também podem fazer uma grande diferença nos seus consumos mensais. Substitua os velhos electrodomésticos por novos, mais económicos e eficientes. Hoje em dia, irá encontrar disponíveis  aparelhos como frigoríficos, máquinas de lavar roupa e loiça com baixos consumos de energia e amigos do ambiente.

Uma temperatura adequada no interior da casa é também aconselhável. Mas também neste aspecto as casas pré-fabricadas têm vantagem em relação às casas convencionais. As juntas no interior das casas pré-fabricadas possibilitam manter as temperaturas sempre moderadas, tornando-as mais eficientes em termos de energia, o que no final se reflete não só numa melhoria com impato direto no nosso planeta, como também diretamente no consumo de energia eletrica.

4 comentários

  1. Isabel Mateus
  2. MJL

Deixe a sua opinião