5 coisas a considerar antes de comprar uma casa pré-fabricada

Temos definido e é certo, que as casa normais são diferentes das casas pré-fabricadas. A maior diferença e talvez a primeira num processo de comparação, é a sua construção, que enquanto as casas pré-fabricadas são desenvolvidas em ambiente fechado, em fábrica, as casas normais são assentes directamente no terreno com aço, betão e cimento. As casas pré-fabricadas, depois de construídas, ainda têm a fase de transporte que normalmente são entregues por camiões para a sua montagem, sendo necessário algum espaço no terreno para descarregar e arrumar os módulos de forma a uma simples montagem da casa.

Antes de escolher o terreno para construir a sua casa pré-fabricada deverá analisar o espaço e as leis regionais sobre este tipo de habitação, porque poderá haver normas ou regras que desconhece. Antes de comprar a casa pré-fabricada deverá considerar estes cindo aspectos:

Procurar o terreno certo antes de comprar a casa pré-fabricada

Certifique-se ou tenta arranjar por escrito uma autorização para construir este tipo de habitação no terreno que têm em vista e veja se não há nada que o proíba. Existem bairros que não aceitam a construção de casas deste género por várias razões, estragar o aspecto, seja fora do comum, etc. Não têm necessidade de arranjar problemas, informe-se antes de comprar a terreno e assim evitará problemas futuros.

Cuidado com as vendas de terrenos em “packs”

Quando andar a procura de um construtor para a sua casa pré-fabricada, encontrará “packs” de negócio que terá englobado a construção da casa pré-fabricada, o transporte para o local e tudo o que se agregado a montagem e configuração final da casa. Caso opte por um destes serviços, deverá ler com atenção o que fica pendente e se a empresa prestará na totalidade o serviço, chave na mão.

Verifique o terreno

Alguns vendedores poderão querer vender-lhe a casa que “dá jeito” por diversas razões, num dos “packs” acima referidos, o que deverá sempre ter em atenção o terreno onde estará a construir. Além da sua segurança, se construir num terreno com bases sólidas, poderá ter mais força perante as empresas credoras, já que será um principio de casa de longa duração e não uma que além de pré-fabricada, seja num terreno inconstante o que poderá indicar mudanças a curto prazo.

Porque escolher casa pré-fabricada em vez das casas habituais

A maioria das pessoas olha para as casas pré-fabricadas como não sendo uma casa real  devido ao seu aspecto e mito da falta de qualidade desse tipo de casas. Na verdade, as casas pré-fabricadas estão bastante evoluídas, não só no aspecto que com as personalizações possíveis pode fazer praticamente o que quiser, mas também a nível de isolamento, que é um dos grandes trunfos das casas pré-fabricadas, entre outros.

Se pensar bem em termos futuros, as casas pré-fabricadas, se forem bem cuidadas, têm um potencial enorme com o passar do tempo. Existe uma grande percentagem de idoso que prefere comprar uma casa modular devido ao preso e ao seu isolamento térmico do que gastar dinheiro numa de cimento e betão, já que grande parte da sua vida já passou. Assim se tratar bem da casa, poderá mais tarde ter todo o seu dinheiro investido de volta e mais algum para poder investir em outra ou melhorar a sua actual.

Esteja atento ao mercado imobiliário

Estes últimos anos o valor das casas pré-fabricadas têm aumentado, muito devido a valorização dos terrenos e também a curiosidade e aumento de vendas neste tipo de habitação. Devido a este facto é aconselhável manter-se informado sobre o mercado imobiliário já que comprar terreno numa fase em que o mercado está em baixo poderá ser bom para uma valorização futura, assim como tentar perceber qual a melhor fase para concluir o negócio da sua casa pré-fabricada.

Deixe a sua opinião