A minha casa pré-fabricada vai valorizar com o tempo?

Quando se pensa em construir a própria casa, há diversos fatores a ter em conta, e é claro que o custo é um deles, bem como os materiais a utilizar e se vai valorizar ou não.

Hoje em dia, cada vez mais pessoas têm vindo a optar por construir casas pré-fabricadas, mas quando nos toca a nos próprios, ficamos sempre com a dúvida se a nossa casa pré-fabricada vai valorizar com o tempo ou não, e esta dúvida surge por algum desconhecimento.

Assim, e para quem ainda não tem conhecimento, aqui ficam algumas orientações básica.

Casas-pre-fabricadas-aco-galvanizado

As casas pré-fabricadas são feitas com o mesmo tipo de fatores e materiais que uma casa tradicional. Assim sendo, o normal é que tendam a valorizar.

Se procurar obter mais “casa” por menor custo, então deverá mesmo considerar a construção de uma casa pré-fabricada, uma vez que os custos poderão diferir entre 10% a 35% de uma casa tradicionalmente construída.

De facto, as casas pré-fabricadas oferecem qualidade, a viabilidade bem como o conforto que procuramos e tudo a um preço que se encaixa nas nossas possibilidades.

Outro fator a ter em conta, é de que é de rápida construção. Por exemplo, uma casa de 130m2 demora cerca de 60 dias para ser montada e pronta a habitar. Ao invés, uma casa de alvenaria leva 120 a 140 dias para estar concluída.

Mais ainda, nas casas pré-fabricadas não existe desperdício de material, os acabamentos são bastante práticos e as reformas ou manutenções necessárias têm um custo baixo, pelo que a sua casa pré-fabricada vai valorizar com o tempo. Outros fatores a ter ainda em conta é que caso pretenda mudar de localização, elas são de fácil deslocação, apresentando perdas próximas de nada.

Casas de madeira

Como nas casas tradicionais, o valor de um imóvel é determinado pela sua localização, tamanho e aspeto, bem como estilo e acabamentos, pelo que saber se a sua casa pré-fabricada valoriza com o tempo vai depender das suas próprias escolhas. A construção de madeira só vai valorizar e enobrecer o seu projeto.

Em termos estatísticos, uma casa de madeira tem as mesmas probabilidades de pegar fogo que uma casa tradicional. Existem testes de 1997, na Universidade de São Paulo (e realizados de acordo com a norma norte-americana ASTM E69 para a determinação de resistência à combustão), que revelaram que as espécies normalmente utilizadas para a estrutura das casas possuem uma baixa taxa de combustão, facto ajudado pela construção com pranchas de madeira maciça de alta densidade.

A madeira absorve calor ou frio do ambiente mais lentamente que outros materiais. A estrutura de madeira é de tal forma complexa que a torna um excelente isolante térmico natural, pelo que é mais um fator a considerar quando se questionar se a sua casa pré-fabricada vai valorizar com o tempo.

Deixe a sua opinião