Casas bioclimáticas

Casas bioclimáticas

As casas bioclimáticas são um tipo de casas verdes que são projetadas e construídas tirando proveito dos recursos e do clima local (energia e materiais).

As casas bioclimáticas ajudam a reduzir o consumo de energia, melhorando a eficiência energética. São construídas com materiais renováveis, sustentáveis que ajudam a reduzir o impacto ambiental. As casas bioclimáticas fazem o uso máximo da radiação solar e limitam a utilização de materiais como o betão e o alumínio que requerem uma grande quantidade de energia para a sua produção. A construção das casas bioclimáticas favorece materiais tais como pedra, madeira e terra.

Uma casa bioclimática tem perdas mínimas de energia (eletricidade, calor), o que permite que a casa funcione sem o uso de aquecimento convencional. A casa oferece o mais alto grau de funcionalidade, conforto e segurança.

O aquecimento e o arrefecimento da casa podem ser produzidos a partir da planta piloto do sistema de ventilação central. O sistema permite a renovação do ar existente em intervalos regulares, sem a perda de energia (calor).

casas bioclimáticas

Design das casas bioclimáticas

Alta eficiência no design e construção. A eficácia e a funcionalidade de uma casa bioclimática dispõem de três pontos principais:

  1. As casas bioclimáticas devem ser cuidadosamente isoladas, de modo a que as perdas totais sejam mínimas, (0,15 w m² k).
  2. As janelas devem ter três painéis e o espaço entre eles deve ser preenchido com gás argónio ou criptónio com um coeficiente (U wert 0.9 w m² k up to 0.7). As janelas devem ser construídas de modo a repelir os raios UV de verão e a deixar entrar os raios de sol no inverno.
  3. Devem ter um sistema de ventilação controlada em conjunto com a aquisição de calor (WRGA).

As Casas bioclimáticas devem ser projetadas de forma adequada tendo em conta a seleção de materiais adequados, amigos do ambiente.
Deve ser feito um levantamento inicial do terreno para ter conhecimento do subsolo e qualquer água subterrânea com a influência de magnetismo passivo, radioatividade, radão e outros efeitos nocivos.

Se a casa for virada para o sul irá conservar e armazenar o calor e a luz solar, aumentando o ganho solar no inverno. Para reduzir as necessidades de aquecimento, a arquitetura bioclimática é baseada na utilização dos ganhos solares, proporcionando um espaço mais compacto e organizando os diferentes espaços de uma forma específica. Numa casa bioclimática, a adega, garagem e outras salas auxiliares estão situadas no lado norte, onde atuam como proteção, evitando que o espaço central perca calor.

A construção das paredes de betão deve ser feita com cuidado para que não haja perda de calor através de pontes térmicas.

A seleção de novos materiais, inovadores, para a construção de paredes como Thermotouvla, Yton, Elafrompeto, permite poupar tempo e dinheiro.

O investimento total para a colocação de isolamento de alta qualidade, amigo do ambiente reduz a perda de energia e torna a construção independente da combustão de matéria-prima para a ventilação, aquecimento e água quente, como por exemplo petróleo e gás natural.

Se quiser uma casa independente do sistema elétrico ela pode ser equipada com um sistema fotovoltaico (energia do sol).

As casas bioclimáticas têm sempre de estar em harmonia com o meio ambiente onde são construidas, utilizando materiais que provoquem o mínimo impacto ambiental possível. Uma casa bioclimática é uma casa verde por definição.

Entradas neste artigo:

  • bioclimaticas

Sem Comentários para “Casas bioclimáticas”

Deixe um Comentário:

Nome (obrigatório):
Mail (não será publicado) (required):
Website:
Comentário (obrigatório):
XHTML: Usted puede utilizar el siguiente: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>