Casas econômicas de madeira em Portugal

As casas econômicas de madeira estão tomando conta de Portugal. Encontre a seguir os modelos mais comuns, porque com certeza um deles combina com seu estilo.

Portugal sempre se destacou pelo uso inteligente da madeira. O país foi um dos grandes responsáveis por evoluir e transformar em arte o trabalho da carpintaria.

Desde a época das navegações, carpinteiros eram muito requisitados, já que as grandes embarcações eram feitas basicamente de madeira, em projetos que demoravam até um ano para ficarem prontos.

Toda essa técnica e conhecimento acerca da madeira e dos seus usos foi aproveitada para a construção de casas.

Esse é o motivo por que, ao passear pelas cidades portuguesas, encontramos muitas vilas, onde as casas de madeira são extremamente comuns.

Se você quer economizar, então, siga o exemplo desses portugueses, que construíram as melhores casas de madeira, com o menor dos investimentos.

A seguir separamos os três modelos mais tradicionais de construção em madeira, adotados por Portugal.

 

casa-prefab-madeira

 

Alguns são mais simples, outros mais complexos. Tudo depende de quanto dinheiro você quer investir e de qual a urgência para a obra ficar pronta.

Mas fique tranquilo: existem opções econômicas de casas em madeira para todos os gostos, desde a mais rústica até a mais luxuosa. Vamos conferir?

 

1. Casas pré-fabricadas

As casas pré-fabricadas de Portugal usam um modelo de construção em que blocos prontos são encaixados na fundação.

Esses blocos podem ser parafusados, colados ou até encaixados. A construção é sólida e segura, podendo durar muitos anos, desde que seja feita a manutenção adequada.

O preço é acessível e diversas empresas oferecem esse modelo, das casas econômicas em madeira.

Caso ainda esteja em dúvida, a melhor solução é visitar algumas dessas casas, para ver se combinam com o projeto que você tem em mente.

Afinal, você irá morar durante um longo tempo nessa construção, então é bom que ela fique do jeito que você sonhou.

 

2. Casas de pau a pique

Esqueça aquele tipo de construção dos três porquinhos. As casas de pau-a-pique atuais se destacam pela resistência, conforto e charme.

A primeira vantagem é que a construção não utiliza materiais pesados, reduzindo o transporte. Além disso, o revestimento das paredes internas pode ser feito com materiais alternativos, como terra compactada.

Outro destaque vai para o visual rústico, que marca presença em construções desse tipo. Ou seja: se você planeja construir em Portugal a sua casa econômica de madeira no campo, já encontrou o modelo ideal.

Quanto à obra, ela não costuma ser complexa. A dificuldade é para encontrar mão de obra especializada, já que construções desse tipo são mais raras.

Fora esse problema, o restante costuma ser tranquilo. Na maioria das vezes a estrutura é montada com eucalipto tratado, espécie de madeira que é muito econômica.

 

3. Casas de troncos empilhados

Como o próprio nome revela, essa construção usa troncos de madeira, organizados e nivelados para criar a estrutura e as paredes da casa.

Essa engenharia é típica da Escandinávia, uma herança dos povos antigos que habitavam a região.

Mas Portugal gostou da ideia e passou a adotar esse modelo, que é muito econômico, já que dispensa técnicas sofisticadas e requer pouca mão de obra.

 

Agora é com você! Essas três casas econômicas de madeira são muito comuns em Portugal e todas são muito em conta.

Boa escolha!

7 comentários

  1. Rufino faria
  2. Henk
  3. luis

Deixe a sua opinião