Casas Pré-fabricadas modernas

As casas pré-fabricadas modernas combinam design, topo de gama e acessibilidade

Embora o conceito de design moderno para as casas pré-fabricadas tenha surgido por volta dos anos 60, o movimento arquitectónico não descolou até ao início do ano 2000. Com os avanços tecnológicos, (tais como os painéis SIP, estruturais, isolantes e pré-cortados que podem ser travados entre si) surgiu um interesse em projectos arquitectónicos residenciais, (os arquitectos voltaram a sua atenção para as casas pré-fabricadas). O objectivo era criar uma casa que pudesse ser transportada para o terreno, ser facilmente erguida e assemelhar-se à arquitectura moderna – tudo dentro de um orçamento razoável.

A Revista Dwell criou a oportunidade de divulgação do conceito de casas pré-fabricadas modernas e de as tornar numa realidade, com o objectivo de apresentar (ao mercado) casas pré-fabricadas produzidas em massa com um toque de arquitectura moderna. No entanto, os desafios permaneceram. A firma de arquitectura Resolution: 4 Architecture entregou o projecto, mas este custou 50 mil dólares a mais que o preço do orçamento.
Hoje o custo de uma casa pré-fabricada moderna continua a ser a principal queixa. Hoje em dia a revista Dwell oferece casas pré-fabricadas modernas através da sua empresa Empyrean. Os defensores do movimento afirmam que, embora muitos dos materiais custem tanto, senão mais, do que o das casas de construção tradicional, os proprietários podem poupar dinheiro com os custos do design e da construção. Muitas casas desenhadas por arquitectos ultrapassam US $ 300 por metro quadrado, não incluindo taxas de design. Afinal, você não está a pagar uma arquitectura única. O arquitecto revende o projecto e, mesmo que seja necessário fazer modificações, os custos são, geralmente, pequenos.

Enquanto algumas casas pré-fabricadas qualificam como “casas tradicionais” para as empresas de hipoteca, pois empregam alguns dos métodos das casas tradicionais, outras não qualificam. Muitas das novas casas pré-fabricadas modernas estão a ser apresentadas por construtoras de moradias. A empresa sueca IKEA apresentou a sua casa pré-fabricada moderna, o BoKlok, ao mercado europeu. Em 2006, o Walker Art Museum apresentou uma exposição em torno da pré-fabricação moderna. O mercado da pré-fabricação moderna deverá continuar a crescer no domínio das suas ofertas à medida que o mercado exige mais casas ‘amigas do ambiente’ e ‘amigas da carteira’.

Plantas de Casas pré-fabricadas modernas

Quando se trata de plantas para casas pré-fabricadas modernas existem alguns elementos básicos, que dizem respeito à estrutura e ao processo de planeamento.

Design minimalista:

Um dos princípios fundamentais para qualquer plano de uma casa moderna é o foco no design minimalista. Isso significa, menos mobiliário, espaços que são mais abertos, um design futurista e um arejado orgânico para o interior. Isto transmite uma sensação de conforto ao ambiente da casa, hoje em dia a maioria dos planos das casas pré-fabricadas modernas acomodam estes aspectos, no seu planeamento.

Futurista e elegante:

Os moradores das casas pré-fabricadas modernas gostam de ter o melhor dos dois mundos, isto é, um ambiente futurista oferecido pela estrutura do projecto e uma sensação de aconchego para criar uma ambiente familiar adequado. Naturalmente que existem uma variedade de estilos por onde escolher, a maioria dos proprietários gostam que a casa tenha um interior arejado, repleto de plantas, um exterior moderno, assim como um bom layout da planta. A funcionalidade do interior é sempre um aspecto crucial quando se trata de obter acréscimos para o seu lar, seja mobiliário novo ou elementos de decoração de interiores, a funcionalidade dos itens é essencial.

Voltar à natureza:

Muitas das plantas de casas pré-fabricadas modernas começaram a focar em plantas de chalés. Estes voltam aos ambientes rústicos, utilizam muita madeira no interior da casa e têm telhados íngremes salientes. A madeira é surpreendente nos estilos de interior, porque é muito intricada e, a madeira é elaborada e recortada. A presença de janelas de tamanho muito grande acrescentam a sensação de ar livre, assim como um ambiente rústico no interior.

Planos Lineares:

Muitas casas pré-fabricadas modernas têm ambientes urbanos. Isto é devido ao posicionamento linear de todos os planos. Todas as linhas e formas no interior são concebidas de forma a produzir uma aparência linear. Assim, há, naturalmente, o foco no design minimalista com muitos espaços abertos, mas também de móveis e artefactos em linha recta alinhada. Pode ser fácil replicar tais estilos, folheando algumas das revistas populares sobre interiores e estilos Zen. Poderá facilmente contratar um artesão para fazer o trabalho, eles aplicam as suas competências para replicar esses estilos de design na perfeição.

Materiais de parede:

Um dos outros detalhes, notáveis, sobre as casas pré-fabricadas modernas é a presença de paredes com texturas lisas. Estas paredes são normalmente feitas de estuque ou de pedra. A maioria dos sistemas de cobertura tem arremessos rasos ou são completamente lisos. A ornamentação nestes tipos de interiores não é muito elaborada e faz fronteira entre o subtil e o discreto. Linhas geométricas são o foco quando se trata de adições á casa, grades de metal, blocos de vidro, fundações de concreto, acabamentos lisos, simples e quadradas são apenas alguns dos elementos marcantes dos projectos destas casas.

Tecnologicamente e ecologicamente, mais experiente:

O aquecimento global é uma grande preocupação, por isso as plantas das casas pré-fabricadas modernas concentram-se cada vez mais na amizade ao ambiente. Portanto, poderá encontrar exteriores com painéis solares incorporados, colocar plantas tropicais, tanto no interior como no exterior, assim com ter outros aspectos do meio ambiente em consideração. As plantas destas casas também consideram os moradores interessados em tecnologia, dentro de casa. Assim, os pontos elétricos, a presença de Wi-Fi, a ligação à Internet etc., é frequentemente incluído no projecto das casas pré-fabricadas modernas.

Um comentário

Deixe a sua opinião