Casas pré moldadas em concreto e aço

Confira a seguir as principais características das casas pré-moldadas em concreto e aço. Você poderá descobrir se a construção é segura, se o tempo de finalização é vantajoso ou se o custo é honesto. Vamos lá?

Steel frame é como os americanos chamam os perfis de aço que dão suporte à casa pré-moldada.

O aço é um material que exige grandes maquinários para ser manuseado e, por isso, normalmente possui um valor final mais caro. Se uma obra fosse feita com estrutura pré-moldada de aço e paredes tradicionais de alvenaria, o projeto sairia uma fortuna.

A boa notícia é que os americanos decidiram combinar o que havia de melhor, nos quesitos estrutura, preço e acabamento.

Foi assim que surgiram as casas pré-moldadas em concreto e aço, que possuem um alicerce 30% mais resistente do que o normal, possibilitando que sejam feitas construções residenciais maiores e com mais andares.

Outra vantagem é que, por ser construída a partir de módulos, é mais fácil fazer uma reforma, caso surja alguma necessidade no futuro, que você não conseguiu prever no momento do projeto.

Isso é comum em muitos casos, normalmente quando a família ganha mais filhos do que esperava ou quando algum membro adota um hobbie peculiar, que exige mais espaço.

É o caso que vimos, recentemente, de uma família que precisou aumentar a cozinha, porque o pai havia feito um curso de gastronomia. E já que estavam com a mão na massa, aproveitaram para criar um estúdio de música para o filho, no andar superior.

Essa facilidade de reconjugar espaços existe porque você não precisa quebrar uma parede inteira para criar um novo cômodo, como acontece nas casas de alvenaria.

Nas casas pré-moldadas em concreto e aço basta apenas descobrir a maneira como estão encaixados os blocos e fazer os ajustes necessários.

A seguir separamos quatro tópicos, que julgamos ser indispensáveis para quem busca fazer uma construção desse tipo.

 

Casas-pre-fabricadas-1

 

Antes de tudo, uma dica: confira nos sites americanos e canadenses o que já é feito, para ter noção de tudo que pode, ou não, ser feito. Agora, vamos aos quatro tópicos.

1. Estrutura

A estrutura é feita com perfis de aço galvanizado, que formam o esqueleto da casa. A vantagem é que esse modelo dispensa a necessidade de vigas e pilares de sustentação, como acontece nas casas pré-moldadas de madeira.

 

2. Acabamento

Nas paredes internas são usadas chapas de gesso, para que possa ser feita a pintura. Já as paredes externas ganham uma chapa de cimento, melhor opção quando pensamos em resistência à chuva e ao sol.

 

3. Tempo de construção

O que demora é a construção das paredes. A estrutura metálica fica pronta em apenas cinco ou dez dias, enquanto as tarefas restantes demoram cerca de quatro meses para serem concluídas.

 

4. Custo

O valor varia, porque existem duas formas de entrega: a simples (apenas a casa) e a completa (casa mais equipamentos de segurança e eletrodomésticos).

No modelo simples, o valor sai por R$ 1000 o metro quadrado, enquanto no completo chega a R$2100.

 

Boa escolha!

Deixe a sua opinião