Planos de casas econômicas grátis

Você pode ser dono de uma casa econômica sem gastar nada! Descubra a seguir como isso é possível.

A Organização das Nações Unidas – ONU – tem discutido muito a questão dos problemas de moradia no século XXI. Calcula-se que o número de sem-tetos cresce muito a cada ano.

A principal explicação é que em 2008, pela primeira vez na história global, a população das cidades superou a população do campo.

E, como todos sabem, o custo de um terreno na cidade é muito maior do que no campo.

Com a alta taxa de desemprego e o aumento da desigualdade social, cada vez mais pessoas ficam sem alternativa, a não ser voltar para sua cidade natal ou morar na rua.

Frente a esse problema, diversas reuniões foram feitas na ONU, que instituiu diretrizes na área de habitação e moradias populares.

Ou seja: a ONU vem orientando os países a criarem políticas que possam reduzir a desigualdade social.

E a principal estratégia é fazer com que as pessoas possam contar – no mínimo – com um lugar para morar.

Foi assim que surgiram os planos de casas econômicas grátis. Existem basicamente dois tipos de plano, será que você se encaixa em algum?

chale

 

1. Plano de casa econômica grátis para pessoas que estão em risco

Esse plano é oferecido a pessoas que vivem em casas muito pobres, construídas em locais que oferecem risco à segurança delas.

Por exemplo: muitas casas são construídas perto de rios, em morros, encostas ou áreas de erosão.

Assim, as pessoas que habitam esse local correm risco de vida, porque a qualquer momento pode acontecer uma catástrofe natural.

Nessas situações, o governo intervém e oferece casas econômicas grátis, em locais temporários, enquanto providencia novas alternativas de moradia para aquelas pessoas.

As casas oferecidas não possuem muito conforto, mas são bastante funcionais, sendo capazes de abrigar toda a família que antes corria risco de vida.

O problema é que muitas vezes é grande o número de pessoas que vive nesses lugares instáveis e perigosos. Nesses casos, é difícil para o governo oferecer a solução, já que não há lugar para abrigar todas elas.

O jeito, então, é construir mais casas econômicas para remediar o problema.

 

2. Plano de casa econômica grátis a partir de programas de incentivo do governo

Nesse caso, o foco é em pessoas de baixa renda, que precisam de uma ajuda para construir a própria casa.

O governo contribui, então, a partir de programas sociais, que podem ser de dois tipos: com auxílio total, oferecendo casas econômicas grátis aos que estão na lista, ou com auxílio parcial, em que ajuda em parte com o financiamento da casa.

No entanto, nos dois tipos é necessário fazer um cadastro prévio, que serve para investigar qual a renda média da família, se a família possui outros bens, enfim, é necessário preencher um formulário que comprove a real necessidade de participar do programa.

Depois de comprovada a necessidade, seu nome passa a integrar a lista de pessoas na fila para receber a casa.

Então, é só esperar para fazer a mudança para sua nova casa econômica grátis.

 

Boa sorte!

8 comentários

  1. rosa carvalho
  2. rui
  3. Ana Maria Balestra
  4. Rui Pedro Alves Pita Esteves
  5. Filomena Maria Goncalves Carrico
  6. vania

Deixe a sua opinião