Produção de componentes para casas pré moldadas de concreto

Descubra aqui como são feitas as partes de uma casa pré moldada de concreto, sem termos difíceis nem complicações.

 

casas-pre-moldadas

 

Nós nem fazemos ideia de como funcionam muitas das coisas que usamos no dia a dia. E isso vale desde um objeto simples e pequeno, como uma caneta esferográfica ou uma chave comum, até objetos maiores, como carros e casas.

A seguir iremos explicar a você como são feitos os componentes de uma casa pré-moldada de concreto. Afinal, se você irá morar em um uma, vale conferir os detalhes da construção.

Assim, quando aquela visita vier para um jantar, você já pode dizer orgulhoso que conhece – literalmente – cada tijolo da sua casa.

Antes de tudo, um pouquinho de história. Você sabe como surgiram os blocos pré-moldados de concreto? E onde eles surgiram? Não quer arriscar um palpite?

Bem, 90% das pessoas que entrevistamos disseram que eles surgiram ou nos últimos 50 anos, em algum lugar dos Estados Unidos.

Resposta… errada!

A História explica que os antigos construtores romanos já usavam concreto pré-moldado para construir casas e, claro, a complexa rede de aquedutos e túneis, que estavam em Roma por toda parte.

Isso há mais de 2000 anos, dá para imaginar? E vale ressaltar que o sistema não mudou muito: o princípio de deixar o concreto descansar e secar em moldes, para depois organizá-lo de acordo com as necessidades ainda permanece.

Então, toda vez que for entrar na sua nova casa pré-moldada de concreto, lembre-se de agradecer aos romanos, que descobriram e aperfeiçoaram essa fabulosa técnica, usada até os dias de hoje.

Mas apesar do princípio ser o mesmo, os avanços tecnológicos possibilitaram evoluções nas construções, que os romanos nem poderiam imaginar.

A mais usada das técnicas atualmente desenvolvidas é a dos painéis reforçados, também conhecida como painéis duplos.

O princípio consiste em criar, a partir de blocos pré-moldados de concreto, um componente sólido. Para isso, dois blocos são unidos a partir de uma viga de ferro.

O concreto que é usado nessa estrutura diferenciada é fortalecido com materiais como fibra de vidro ou plástico, para garantir que aguente os grandes pesos.

Essa técnica de construção, que hoje é comum nas casas ao redor do mundo, inicialmente foi concebida para dar suporte ao peso cada vez maior dos edifícios, que precisavam comportar mais e mais andares.

Ao longo do tempo, o concreto em blocos duplos ganhou espaço e respeito entre os engenheiros, sendo usado em casas, escolas, escritórios, apartamentos, condomínios, hotéis e residências populares.

E a popularização da técnica não foi por acaso. Uma das principais qualidades do concreto é que ele é muito durável. Muito mesmo, que chega até a ser espantoso.

Lembra que lá no início falamos dos romanos, que faziam construções incríveis com blocos pré-moldados de concreto?

Pois bem, se ainda não acredita nessa história, basta fazer uma rápida visita ao Egito e China (pode ser pelo Google Maps mesmo).

Esses dois países possuem várias ruínas de construções antigas, que usavam blocos pré-moldados de concreto.

Mas pode ser que você não encontre muitas ruínas, porque muitas das casas pré-moldadas de concreto ainda estão de pé, sobrevivendo e atravessando aos séculos!

 

Da próxima vez que você ver um bloco de concreto pré-moldado, lembre-se: aquilo não é apenas um tijolo que evoluiu. Aquilo é uma verdadeira relíquia histórica da humanidade.

Interessante, não? Até a próxima!

Deixe a sua opinião