Qual a arquitetura de uma casa de campo

As casas de campo possuem uma arquitetura particularmente voltada para um visual rústico e simples, que traz para a pessoa toda a paz e a tranquilidade que o clima do campo oferece.

Casas ecológicas

A arquitetura de uma casa de campo ecológica consiste na prevenção do desgaste do meio ambiente, evitando que o solo como também toda a área em sua volta sejam afetados.

Na construção da casa, são utilizadas pedras locais, rochas de vários tipos, como granito, arenito, mármore, e vários outros tipos que garantem que o solo não seja afetado.

As fontes de energia também são diferentes, como a utilização de painéis solares, energia eólica, turbinas quando se tem rios ou riachos por perto, ou até mesmo o uso de um gerador de energia.

O armazenamento de água também é muito comum, por isso a arquitetura da casa sempre possui vários tipos de armazenadores, como os de água de chuva, e outros que guardam água de pia e outras fontes que podem ser reutilizadas para regar plantas, lavar carro, ou na faxina da casa.

A arquitetura de um Chalé

É bastante comum a utilização de um telhado de duas águas em um chalé de campo, assim também como é tradicional a utilização de madeira por todos os lados, móveis rústicos, uma característica que teve seu início a partir dos Alpes Suíços, e que logo se expandiu pelo mundo todo.  No século passado, esse tipo de arquitetura passou por várias revoluções, onde o sinônimo de chalé, deixou de ser o de casa de montanha, sendo que agora podem ser utilizadas em vários ambientes, sejam eles na montanha, no campo e até mesmo na praia.

A arquitetura de uma casa de campo na Espanha, ficou famosa por ter sua base em um antigo estábulo. Situada em uma acolhedora encosta da Zona rural de Cáceres, a casa é toda revestida de pedras e seu acabamento é feito com madeira e adobe. Apesar da origem da casa ser um tanto exótico, oferece muito conforto, e mantém a relação respeitosa com o entorno, sendo sonho de férias para muitas pessoas pelo mundo todo.

Quando um projeto se consiste em utilizar elementos de uma montanha, onde a madeira predomina, podem resultar em moradias elegantes, com atmosferas semelhantes às casas de montanhas japonesas, onde um recorte da sobriedade a beira do minimalismo fazem parte da característica desse tipo de arquitetura.

Reciclando moradias

É muito comum que uma casa de campo tenha origem baseada em alguma outra que estava desmoronando, abandonada ou simplesmente muito velha.  Muitas vezes, a arquitetura desse tipo de casas acaba por deixa-las irreconhecíveis, como no caso da casa de Kurt Brunner que se localiza nos Alpes Italianos. A casa pertencia a sua mãe há 60 anos, e sua construção havia se desmoronado, não havendo mais maneiras de reaproveita-la. Hoje em dia, o lar está irreconhecível, e mantem uma mistura de moveis antigos e contemporâneos, e a única parte do original que ficou, foi um muro que ele conseguiu reaproveitar no projeto do escritório, e se tornou parte da fachada da residência. Com todos esses elementos, o ambiente incorporou um espirito tipicamente de um chalé das montanhas.

O estilo rústico também pode vir a ser chique, porém conquistar elegância em uma arquitetura de uma casa de campo sem utilizar fórmulas tradicionais, são uma tarefa mais difícil, porém com muita pesquisa e dedicação, é possível que se crie ambientes aconchegantes que demonstrem todo o seu estilo pessoal.

2 comentários

Deixe a sua opinião