Tornar a casa mais eficiente com o que a natureza nos dá (parte 2)

No seguimento do nosso artigo anterior vamos continuar a falar um pouco mais acerca de como tornar as nossas casas mais eficientes e sustentáveis, maximizando todas as potencialidades e oportunidades que a própria mãe natureza nos oferece de graça.

Como já tínhamos referido no nosso artigo anterior, os consumidores atuais têm diferentes expectativas dos compradores de alguns anos atrás. Hoje em dia espera-se um novo nível de qualidade no design de casas pré-fabricadas. Cada vez mais espera-se também um elevado grau de personalização de uma casa, mas também existe uma forte preocupação com o seu caracter sustentável e moderno.

 

 

Saber tirar proveito do vento

Tirar proveito de um elemento poderoso como o vento para aumentar a eficiência da sua casa, não significa obrigatoriamente que vai ter de gastar muito dinheiro em equipamentos e estruturas. Na realidade, existem maneiras muito mais simples para projetar a sua casa e poder beneficiar deste sopro da natureza.

Assim como pode orientar a sua casa para tirar partido da luz solar ao longo do dia, o mesmo também pode ser feito em relação ao vento. Projete a casa  para que esta fique posicionada de modo a tirar vantagem das brisas de verão, que podem ser eficazmente aproveitadas para refrigeração e ventilação. Esta é também uma excelente forma de reduzir custos de energia e criar uma ambiente de maior conforto no interior da casa, de uma forma mais natural.

Assim, com o chegar dos dias mais quentes de verão, a forma mais simples, económica e amiga do ambiente de refrescar a casa é com a ajuda de um recurso natural como o vento. É importante posicionar janelas nas paredes a um nível baixo, para deixar que as brisas refrescantes entrem em sua casa, mas também colocar na parede oposta janelas mais altas que facilitem a saída do ar quente para fora.

Nos dias mais frios de inverno, o mesmo vento que ajuda a arrefecer a casa no verão já não é tão benéfico para manter a casa quente, pelo que alguns cuidados devem ser tidos para proteger o ambiente interior destas temperaturas mais frias. Por isso, torna-se bastante útil  estudar ao pormenor a localização onde irá ficar a sua casa e aprender sobre os padrões de vento e características sazonais desse mesmo local.

Projetar e construir uma casa com expectativas ecológicas em mente requer muito mais do que escolher acabamentos e materiais sustentáveis. Tudo começa com o respeito pelo meio ambiente e pelo que o espaço onde a casa irá ficar nos pode oferecer. Nesta série de artigos mostrámos como aumentar a eficiência através da luz solar e do vento, mas muito mais pode ser aproveitado na natureza para melhorar o nosso bem-estar e conforto, sem ser necessário prejudicar o nosso belo planeta.

Vale a pena pensar nisto!

Deixe a sua opinião