A-cero projecta uma casa modular pré-fabricada de dois andares

Este é um modelo de uma nova casa modular com dois andares que a A-cero projectou. É uma opção com as mesmas características (qualidade, design e preço) que os protótipos modulares anteriores. No entanto, este último modelo tem uma vantagem: é possível incorporar mais um andar para aqueles que querem ter uma casa maior na mesma área. Na verdade, este novo design foi criado devido ao elevado número de pessoas que pediram uma casa A-cero modular com dois pisos.

Este modelo tem uma área de 230m2. No piso térreo estão distribuídos o salão, sala de jantar, cozinha, uma lavandaria, um quarto, uma casa de banho e varanda. No primeiro andar pode encontrar um terraço, três quartos e duas casas de banho. Além disso, a A-cero criou um outro modelo modular de dois andares, mas como casas geminadas. Com efeito, a empresa “Acervo Inmobiliaria” está interessada nestas casas, e esta a pensar comprá-las como uma inversão.

A-cero casas modulares continua a colher êxitos da apresentação que fez em Fevereiro passado. Todas as semanas são preparados mais de 200 orçamentos específicos para pessoas que estão interessadas em adquirir uma casa modular. A casa modular (modelo) (em Madrid, Espanha) recebe cerca de 30 visitas semanais. Algumas das pessoas interessadas são estrangeiros que vêm de outros países (como o Reino Unido), a fim de conhecer pessoalmente o trabalho modular A-cero. Hoje a A-cero está a construir várias casas modulares em diversas cidades espanholas como (Guadalajara, Catalunha, Madrid e Galiza).
As casas modulares serão entregues em três meses e têm a mesma qualidade e design de todos os trabalhos da A-cero. Os clientes podem adaptar as casas às suas necessidades e preferências. A-cero apresentou vários modelos que podem ser estendidos como o dono quiser. Além disso, é possível escolher entre vários extras: mobília, piscina, jardim, terraço, garagem ou tectos falsos na sala. Isto é devido ao facto das casas serem feitas numa oficina, o que reduz muito os gastos de produção. Os módulos são montados por um sistema de produção em massa, que visa obter um maior controlo dos materiais e qualidade do que o resto das construções tradicionais.
Com este projecto a A-cero tem apostado em popularizar o design e a qualidade construtiva, a fim de tentar que a arquitectura de vanguarda seja para todos e não apenas para uma elite económica.

É a aposta mais recente da A-cero: habitações modulares. Casas pré-fabricadas com o mesmo design, exclusividade e qualidade de todos os projectos A-cero, mas a um preço mais acessível.

Isto é devido ao facto das casas serem feitas numa oficina, o que reduz muito os gastos de produção. Não há qualquer atraso por causa de trabalhadores clima ou materiais.
Além disso, o prazo de entrega é incrivelmente reduzido. O resultado é uma casa 30% mais barata do que o resto das casas construídas em Espanha (com os mesmos padrões e qualidade). Estas casas podem ser adaptadas às suas necessidades e preferências: o número de salas, móveis, piscina, garagem, varanda e muitas outras alternativas.
Como pode ver, existem muitas vantagens. Os Japoneses já descobriram isso e 18% das casas no Japão são pré-fabricadas. Todos os dias cresce o número de pessoas nos E.U.A. que não podem pagar a um arquitecto para construir a sua casa. O resultado é que 95% da população opta por comprar este novo conceito de casa, acessível e, com um design personalizado.
No entanto, na Europa, as casas pré-fabricadas são sempre vistas como sendo baratas, casas pobres, usadas como barracas ou armazéns e não como espaços para viver. É um estigma social que hoje continua a existir, devido à qualidade de alguns projectos que foram feitos no passado, especialmente, no período comunista no leste da Europa.
Mas hoje os materiais são muito melhores, bonitos e resistentes. Alguns até podem suportar terramotos e ciclones. Na verdade, um arquitecto de Miami propôs enviar casas pré-fabricadas para o Haiti. Estas são feitas com um material inoxidável resistente á agua e ao fogo, a fim de resolver o problema habitacional que existe no país após o desastre que aconteceu em Janeiro passado.
Actualmente há um grupo mais numeroso de arquitectos e designers altamente qualificados que estão a apostar nas habitações pré-fabricadas (industrializadas) como a próxima revolução de arquitectura residencial.
Se visitar uma casa modelo pré-fabricada da A-cero (acabada de construir) ficará convencido das suas qualidades. Apesar de o seu preço ser menor, esta casa moderna tem o estilo distinto A-cero, que sobressai entre todas as casas tradicionais que possa ver ao redor. Suas linhas puras e direitas formam uma estrutura cúbica negra que brilha com a luz do sol. Como resultado, ninguém que passa ao lado, pode evitar dedicar alguns minutos para apreciar a casa modular Espanhola.

Deixe a sua opinião