As casas rústicas são boas para viver

As construções muito rápidas e com gastos pequenos conseguem proporcionar aos futuros moradores a liberdade para escolher (praticamente de uma forma completa) os métodos e os materiais que facilmente vão deixar as casas muito mais inovadores e amigas do ambiente.

Um exemplo disso são sem dúvida alguma as casas rústicas. Estas têm na sua constituição uma excelente sofisticação, praticidade e economia.

As casas convencionais normalmente apresentam custos extremamente elevados, para além de serem pouco ecológicas e demorarem muito para serem construídas. Por outro lado, as casas de madeira têm custos menores e são uma excelente opção para todos aqueles que estão à procura de um ambiente acolhedor e tranquilo, pois as caraterísticas da madeira conseguem assegurar uma excelente absorção sonora e têm todas as capacidades para conseguir evitar a sua propagação.

Para todos aqueles que já sofreram com a umidade e uma grande variação de temperatura, as casas rústicas acabam por ser uma das melhores opções disponíveis no mercado. A madeira é um material que tem a capacidade para fazer com que as condições térmicas dentro da casa sejam bastante constantes, o que é muito bom. Estas casas, para além de terem uma construção rápida, possuem também uma enorme durabilidade, que poderá ir desde os 120 até os 150 anos sem qualquer tipo de manutenção, no entanto, é bom que saiba que a madeira necessita de ser tratada de uma forma regular para que a casa aguente num excelente estado durante um longo período de tempo.

 

Casa-Rustica2

 

 Mitos

O pensamento de que as casas rústicas são construídas só no campo e praia é errada e pertence ao passado. Atualmente já não deveria de estar na cabeça das pessoas que este tipo de habitações não pode ser permanente. Dado o grande avanço nas técnicas de construção e meios tecnológicos, estas casas são capazes de satisfazer o desejo de qualquer dono, seja no campo ou no litoral.

O mito de que as casas rústicas são extremamente quentes e desconfortáveis também é muito frequente, no entanto, a realidade é completamente aposta. Estes imóveis são muito confortáveis e a questão do aquecimento e a temperatura interior normalmente é a mesma do que a de uma casa habitual.

Também nunca nos podemos esquecer, que em ambientes e locais muito úmidos, a madeira é um material que não vai ficar necessariamente apodrecido se forem tidos todos os cuidados de manutenção requeridos.

Por estas e por imensas outras razões, as casas rústicas têm vindo a ganhar popularidade e a revelar-se cada vez mais como uma alternativa viável a outro tipo de construções.

Deixe a sua opinião